Aula na UFS

Projeção pronta, só aguardando a hora de iniciar a aula.

A mais recente aula ministrada foi na Universidade Federal de Sergipe (UFS), dia 19 de junho de 2018. O intento foi de disputar vaga na seleção para Professor Substituto do Núcleo de Ciências da Religião. Na modalidade escolhida por mim, Religião e Educação, todos os candidatos tiveram que ministrar aula sobre História e Materiais Didáticos do Ensino da Religião. Agora é aguardar a avaliação dos examinadores. O syllabus da aula pode ser consultado AQUI; porém, só estará disponível após o resultado final da avaliação para não interferir na condição reservada do processo seletivo.

Independente do resultado, vale dizer que poucas coisas são tão gratificantes quanto a oportunidade de ministrar aula num centro de formação acadêmica. Soli Deo Gloria.

Aspecto da sala de aula antes de iniciar a avaliação.

OMNIA EX UNO

Aula no SETEBASE

No último dia 09 de junho tive a satisfação de ministrar aula a uma turma de teólogos que se mostraram aplicados como alunos e muito dispostos ao aprendizado. Qualidades que precisam ser ressaltadas!

Nosso encontro aconteceu no Seminário Teológico Batista Sergipano (SETEBASE), que em 2018 celebra 30 anos de atividades dedicadas ao saber teológico no serviço do SENHOR em Sergipe.

Nessa oportunidade expus aos alunos de pós-graduação os fundamentos teóricos e componentes curriculares da disciplina Metodologia do Ensino das Ciências da Religião.

Terminei a aula com a correta sensação de que a sociedade sergipana, em geral, e a comunidade batista em Sergipe, em particular, terão nesta turma profissionais aplicados ao estudo e à piedade e bem preparados teológica e academicamente.

Inaugurado o programa editorial do GPDAS/UFS

Na noite de 21 de fevereiro de 2018, o Grupo de Pesquisa Diáspora Atlântica dos Sefarditas,  vinculado à Universidade Federal de Sergipe (GPDAS/UFS) inaugurou seu programa editorial com o lançamento do livro NEFESH PEREGRINA: transmigrações e rotas da diáspora judaica.

Eis a palavra de apresentação trazida ao evento pelo prof. Dr. Marcos Silva, coordenador do GPDAS/UFS:

A referida obra traz 9 capítulos escritos por alguns dos pesquisadores membros do GPDAS. São textos que abordam de forma variada temas comuns que motivam suas investigações, quais sejam, as características histórico-religiosas dos judeus que se dispersaram ao mundo a partir da Península Ibérica pelas mais diversas rotas migratórias. O livro, publicado pela Editora CRV, reúne as seguintes análises:

ASPECTOS DA HISTORIOGRAFIA JUDAICA SOBRE A EXPERIÊNCIA SEFARDITA NO MUNDO ATLÂNTICO. SÉCULO XVI AO XIX.
Marcos Silva

A CONSCIÊNCIA HISTÓRICO-RELIGIOSA DOS SEFARDITAS NA EXPERIÊNCIA DE JUDÁ ABRAVANEL (LEÃO HEBREU) EM SUA ERRÂNCIA DE SER-EM-EXÍLIO.
Gilmar Araujo Gomes

APRESENTAÇÃO E TRADUÇÃO DAS PROPOSIÇÕES I-IX, LIVRO I, DA PUERTA DEL CIELO, DE ABRAHAM COHEN DE HERRERA.
Rodrigo Pinto de Brito

O JUDAÍSMO SECRETO DE ANTÔNIO JOSÉ DA SILVA, O JUDEU: trajetória e possibilidades de uma vida atormentada.
Josevânia Souza de Jesus Fonseca

A SEXUALIDADE NO MEIO CRISTÃO-NOVO: a formação do Capital Erótico no grupo familiar de Leonor Nuñez.
Nilton Bruno Feitosa Santana

BREVE PANORAMA DAS LEIS ACERCA DOS CRISTÃOS-NOVOS E JUDEUS NOS DOCUMENTOS OFICIAIS DA INQUISIÇÃO PORTUGUESA.
Priscilla da Silva Góes

CONTRA A “GRANDE LIBERDADE”: as interferências de calvinistas e católicos contra a liberdade de consciência religiosa conferida aos judeus no Brasil holandês.
Nelson Santana Santos

REPRESENTAÇÕES DE “IMAGINADAS” IDENTIDADES JUDAICAS NO MUNDO ANTIGO.
Thiago Borges de Santana

RIKUD VIRA-LATA: um título metafórico para uma dança que aborda um corpo híbrido de um judeubrasileiro/brasileirojudeu na contemporaneidade.
Fernando Davidovitsch

A atividade acadêmica, conduzida pela profa. Ma. Priscilla Góes, foi adornada com música sefardita em idioma ladino, a língua ibérica falada pelos sefarditas. As canções foram executadas pelo grupo formado pelos músicos Vanessa Góes; Juliana Góes; Marcus Vinícios e Pedro.

A programação seguiu com os autores expondo resumidamente as ênfases abordadas em seus respectivos capítulos, e respondendo perguntas do atento auditório que se formou. A noite concluiu-se com autógrafos nos exemplares vendidos durante o evento.

Profa. Ma. Priscilla Góes na condução do evento

Aspecto do auditório presente ao evento.

Autores expondo suas temáticas e respondendo questionamentos:

Autógrafos dos autores:

Registre-se que o sucesso e a dinâmica do evento muito se deveu ao apoio dos colegas Ernania Santana, Arilson Santana, Carol Goes e Claudemir Braz, que lá estiveram somando esforços e representando os demais membros do GPDAS/UFS que, por motivos justificados, não puderam estar presentes.

Vencida esta etapa, o GPDAS/UFS retoma sua dinâmica acadêmica, desenvolvendo as pesquisas que seus membros empreendem sobre os judeus sefarditas em diáspora pelo mundo. Certamente novos livros surgirão, contribuindo com as mais atuais e significativas reflexões sobre uma temática tão vasta e ainda carente de análises aprofundadas como as que compuseram o livro NEFESH PEREGRINA: transmigrações e rotas da diáspora judaica.


AD ASTRA PER ASPERA.

CONVITE: Lançamento do livro NEFESH PEREGRINA

Lançamento do livro Nefesh Peregrina: Transmigrações e rotas judaicas.
Dia 21.02.2018 (quarta-feira)
Local: Auditório da ADUFS (Universidade Federal de Sergipe, campus S. Cristóvão)
Horário: 19 horas

PROGRAMAÇÃO:
Música Sefardita: Vanessa Góes; Juliana Góes; Marcus Vinícios e Pedro.
Conversa com os autores;
Debate;
Coffebreak;
Autógrafos.

Este livro reúne 9 artigos dos membros do GPDAS (Grupo de Pesquisa Diáspora Atlântica dos Sefarditas) ao qual estou vinculado na UFS.

O evento é referente ao lançamento oficial da obra. Nessa noite cada um dos autores terá uma breve palavra. Este que vos escreve também falará (ordem do índice rsrsrs).

Leia a Sinopse que apresenta a obra, escrita pelo organizador, Prof. Dr. Marcos Silva: “Nefesh” é o primeiro nível da alma-consciência, segundo a interpretação cabalística. Diz respeito às necessidades básicas de sobrevivência. Assim, é uma metáfora adequada para significar a “civilização de diáspora” que os judeus formaram: os judeus, no caso específico dos estudos aqui apresentados, judeus Sefarditas, possuem uma “nefesh peregrina” em sua essência.
Os textos que você terá o privilégio de ler nesse livro são o fruto das atividades de investigações, orientações, debates, reuniões acadêmicas, diálogos ricos e instigantes que caracterizam a vivência dos que participam do Grupo de Pesquisa Diáspora Atlântica dos Sefarditas (GPDAS), devidamente credenciado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), pela Universidade Federal de Sergipe. A obra contribui de forma inovadora para a compreensão da história da diáspora dos Sefarditas conversos judaizantes. Conceitos da historiografia judaica ainda não aplicados pelos estudiosos no Brasil são introduzidos e, sobretudo, iluminam ainda mais a importância da Cabala na guerra cultural multissecular dos sefarditas contra o etnocídio intentado pelo integralismo Católico Apostólico Romano. No momento em que significativa parcela da população brasileira redescobre sua ancestralidade judaico sefardita, recalcada pelo imperativo da sobrevivência, o GPDAS cumpre seu papel social de iluminar com novas abordagens essa história intrigante.

Minha contribuição na obra tratou do tema A Consciência Histórico-Religiosa dos Sefarditas na Experiência de Judá Abravanel (Leão Hebreu) em sua Errância de Ser-em-Exílio. Investiguei a vida do autor de Os Diálogos de Amor a partir de um princípio de identificação com as experiências dos judeus sefarditas. Afinal, como disse João Vila-Chã, seu biógrafo, “o destino pessoal de Leão Hebreu interessa-nos […] como http://dialogo-abravanel.blogspot.com.br/expressão do destino e do sofrimento do povo judeu.”

Cada exemplar do livro será vendido a R$ 35,00 (o preço da editora, sem frete). O arrecadado, além de cobrir o custo desta edição (que ainda não está totalmente paga), apoiará o grupo de pesquisa para as próximas publicações desejadas.

Caso não possa ir ao evento, mas deseje apoiar o GPDAS adquirindo livro, comunique-me [ EMAIL: contato@gagomes.com ] que separaremos um exemplar a preço de custo. Se preferir, adquira diretamente com a Editora CRV.

Se estiver lá, será um prazer abraçá-lo.

AD ASTRA PER ASPERA.

III Semana de Estudos Avançados na ABC²

 


Iniciando as atividades em 2018, de 31/jan a 04/fev participei da III Semana de Estudos Avançados da ABC³ (Associação Brasileira de Cristãos na Ciência), em Confins/MG.

Tempo precioso para reflexão, debate e estudos abordando a relação entre ciência e fé. Numa programação intensa, mais de 40 alunos de várias partes do Brasil (secundaristas, graduados, mestres e doutores), estudantes e profissionais fazendo pesquisa em diversas instituições acadêmicas (UNICAMP, UFMG, USP, UFRJ e outras) compartilharam conhecimento comum a partir de suas áreas específicas (física, sociologia, psicologia, biologia, engenharia, teologia, química, direito, administração, filosofia, etc.), sobre os mais recentes debates acadêmicos no Brasil e restante do mundo.

Num agradável ambiente de interação cristã, fomos desafiados a partir da análise de questionamentos, extensa fonte de consulta e uma importante bibliografia que vem sendo formada a partir de traduções recentemente publicadas pela Editora Ultimato na série Ciência de Fé Cristã.

A eficiente equipe organizadora (Ana Flávia, Janaína Aguiar e Luis Felipe) e o local escolhido foram fundamentais para a fluidez da programação proposta e cumprida!

Ao final deste grande exercício intelectivo de motivação espiritual, ficam como prêmio desse esforço as novas amizades e a percepção de que outros cristãos com a mesma inquietação epistêmica têm caminhado no mesmo propósito de exercerem o mandato cultural. SOLI DEO GLORIA.

Próximo passo: estabelecer em Sergipe um grupo de estudos da ABC². Que tal?

AD ASTRA PER ASPERA!

A seguir, aspectos da sala de aula:

Mais de 40 pessoas reunidas para a III Semana de Estudos.

A post shared by cristaosnaciencia (@cristaosnaciencia) on

 

OBS: Fotos e vídeo retirados das páginas da ABC² .
<https://www.instagram.com/p/Benzj9oB85J/?taken-by=cristaosnaciencia>
<https://www.facebook.com/cristaosnaciencia/>

Demônico em Paul Tillich – artigo publicado

Publicou-se hoje na Correlatio, artigo que escrevi sobre O Demônico como Sagrado Antidivino, uma categoria na filosofia da religião do teólogo alemão Paul Tillich. O  texto abrange prioritariamente a fase alemã do filósofo luterano, período menos estudado do que a fase desse acadêmico nos EUA, para onde emigrou após oferecer oposição ao nazismo que crescia em seu país natal.

O resumo do artigo especifica melhor seu propósito:

Neste artigo serão apresentadas as inter-relações entre os elementos que caracterizam as categorias demônico e divino que habitam o sagrado como  elemento essencial da religião. No interior desta relação do sagrado, o elemento demônico encontra-se em oposição ao divino, adquirindo uma característica antidivina, conquanto de mesma essência. Pretende-se comparar a significação dos termos em suas exposições de origem e como Paul Tillich (1886-1965) utiliza-se disto na construção de sua Filosofa da Religião. Continuar lendo Demônico em Paul Tillich – artigo publicado